Pandemia “atrapalha” férias de 61% dos portugueses

férias

Segundo um estudo levado a cabo pela Fixando, 61% dos portugueses “decidiram” transitar as férias de 2020 para 2021. A razão? A pandemia que assola o mundo inteiro. Os dados obtidos pelo inquérito realizado junto a 6.750 utilizadores sobre os planos de férias para 2021 revela que, a maioria dos portugueses vai utilizar este ano, 7 dias de férias referentes ao ano passado.

Mas esse não foi o único dado obtido. 38% ainda não sabe quanto terá de comunicar as suas férias à entidade patronal. Mas, 14% têm uma certeza: a de que o querem fazer o mais rapidamente possível.

No entanto o dado mais importante (e preocupante) refere-se ao número de portugueses que equaciona não fazer férias este ano: 43%. Tudo porque estão pouco confiantes de poderem ir de férias sem restrições devido à pandemia. A cultura e os festivais de verão também continuarão a ser afectados, dado que 54% acreditam que não será possível a sua realização. Pelo menos nos moldes pré-pandemia.

Considerando quem afirma que irá usufruir dos seus dias de descanso o período de Verão (Julho a Setembro) é o que concentra a maior preferência – 46%. Já em relação a destinos, 25% deseja viajar dentro de Portugal e 14% espera ter a possibilidade de visitar o estrangeiro. Os restantes ainda não têm a certeza do que farão.

O inquérito estima ainda que, este ano, os portugueses possam gastar em média 698 euros em férias – o que significa um aumento de 100 euros face ao valor registado no ano passado.

Partilhar

Alexandra Costa

Jornalista desde 1996 sou portuguesa de nacionalidade, alfacinha de nascimento, alentejana de coração e uma viajante do mundo. Adoro viajar, conhecer novas culturas, experimentar gastronomias. Sou viciada em livros e nunca digo que não a uma boa conversa. Basicamente sou apreciadora dos prazeres da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.