É preciso ter lata: Lancers chega ao verão num novo formato

A José Maria da Fonseca lança uma novidade da gama Lancers – O Lancers Branco e Rosé estão agora disponíveis em lata, numa versão mais prática, ideal para os dias quentes de verão. A produtora de Azeitão mantém-se fiel ao conceito original deste icónico vinho – um vinho agradável e fácil de beber – reforçando a sua aposta junto das gerações mais novas com um produto versátil e autêntico.

Vinhos de perfil leve e descontraído, são a sugestão ideal para refrescar após um dia na praia, na piscina, brindar num sunset entre amigos, e em todo o lado, desde que exista convívio e boa disposição. O Lancers Rosé é um vinho de longevidade curta e com um final de prova médio. Apresenta um aroma a frutos vermelhos e tropicais, com um paladar leve, fino e ligeiramente adocicado. Ideal para acompanhar pratos de frango ou de comida mexicana. Já o Lancers Branco apresenta uma cor amarela citrina e um aroma leve e fresco, com notas de frutos tropicais, que permitem um paladar agradável, fino e frutado e um final de prova médio. Um vinho com uma longevidade curta, ideal para acompanhar saladas, pratos de frango e pratos italianos.

Desde a sua criação, Lancers tem definido um caminho diferente e irreverente, mas sempre com uma certa leveza, originalidade e proximidade. “As novas latas mantêm as cores e design das garrafas, que refletem os valores da marca pela sua originalidade e pelo poder de unir as pessoas em momentos de convívio e amizade, tornando-os únicos e inesquecíveis”, afirma António Maria Soares Franco, Co-CEO da José Maria da Fonseca.

“Acreditamos que esta será a novidade do verão, que todos vão querer experimentar nas festas com os amigos, nos festivais e, também, nos arraiais que estão a chegar”, sublinha António Maria Sores Franco.

Criado em 1944 por António Porto Soares Franco, enólogo e membro da 5ª geração da família, a marca Lancers tornou-se num dos mais icónicos rosés do mundo e, no final da década de 70, vendia cerca de um milhão de caixas para o mercado norte-americano. Hoje continua a ser um dos vinhos portugueses mais vendido internacionalmente, nomeadamente em países como EUA, Itália e Espanha.

Partilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.