Krohn Vintage 2017: “Best in Show” no Decanter World Wine Awards 2024

O Vintage 2017 da Krohn foi considerado um dos melhores vinhos do Decanter World Wine Awards 2024, alcançando a distinção “Best in Show” naquela que é uma das mais prestigiadas competições mundiais. Um vinho do Porto que apaixona quem o prova e que recebeu do exigente júri internacional uma nota final de 97 pontos.

Considerado um dos mais importantes concursos mundiais, o Decanter World Wine Awards contou com 18.143 vinhos a concurso, provenientes de 57 países, provados e classificados por um júri que reuniu 243 especialistas em vinho, incluindo vários Master of Wine e Master Sommelier. No final, apenas 50 vinhos foram pontuados com nota igual ou superior a 97 pontos e considerados “Best in Show”, sendo o Krohn Vintage 2017 um deles.

David Baverstock, Chairman Winemaker da WineStone, grupo que detém a secular marca Krohn, destaca este prémio como “um reconhecimento exemplar, por parte de um conjunto de jurados muito exigentes e entre excelentes vinhos de todo o mundo, de um Porto que expressa bem o património vínico e a qualidade da Krohn, prestes a celebrar 160 anos de uma história marcada por vintage e colheitas esplendorosos.” Para o experiente enólogo, o vintage premiado é “um Porto maravilhosamente expressivo fino e perfumado, mas com a profundidade e intensidade características da vindima de 2017. Um vinho que, sem dúvida, corporiza a excelência desta marca”.

É na Quinta do Retiro Novo, que crescem as vinhas velhas que resultam nos colheitas e vintage superlativos da Krohn. Baverstock recorda que “em 2017, a vindima na Quinta do Retiro Novo, no vale do Rio Torto, começou muito antes do habitual, ainda no dia 4 de setembro. Após a seca época de maturação, os rendimentos foram baixos e os mostos excecionalmente concentrados e com uma cor profunda. Daqui resultou um vinho excecional”, descreve.

Na nota de prova, o Krohn Vintage 2017 apresenta um roxo-preto profundo com um bordo roxo vívido. A qualidade da fruta é imediatamente aparente no nariz, com os aromas característicos da maturação e das bagas pretas que são vindimadas na Quinta do Retiro Novo a destacarem-se, mas sem neutralizarem a frescura de bagas vermelhas, ameixa fresca e damasco, que proporcionam força e vigor. O nariz é muito aromático, com notas pungentes de esteva que se misturam com manjerona e tomilho e perfumes florais de rosa e violeta. Em pano de fundo, oferece uma sugestiva evocação de floresta, agulhas de pinheiro e feto. O paladar é esbelto e atrevido, com taninos lineares bem enrolados e sabores de frutos silvestres frescos que se prolongam num final longo. Características que fazem do Krohn Vintage 2017 um dos mais destacados vencedores do Decanter World Awards 2024.

Trata-se de mais um reconhecimento internacional dos vinhos do Porto da Krohn, desde a integração da marca no portefólio no WineStone Group, em 2023: recentemente, o Krohn Colheita 2006 foi o melhor vinho português – igualmente, “Best in Show” – na edição 2024 do reconhecido concurso London Wine Competition. Na sequência da criação da plataforma de negócios do Grupo José de Mello dedicada ao setor dos vinhos, no ano passado, foi adquirida a marca Wiese&Krohn e a Quinta do Retiro Novo, propriedade secular na região do Cima Corgo que permite a produção de toda a gama de Vinhos do Porto de categorias especiais que marcaram geração após geração, desde 1865. A Krohn destaca-se pela vasta coleção de vinhos do Porto Colheita e Vintage, com o seu Krohn Vintage 2017, o mais recente vintage da casa, a recolher uma excelente receção da crítica especializada e também nos concursos internacionais.

Partilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.