Durante a Grande Regata dos Moliceiros, que decorreu este sábado, como parte integrante do Ria de Aveiro Weekend – RAW, o Here and There conversou com Silvio Vilar que nos explicou as pinturas dos moliceiros. Quais os elementos obrigatórios e como interpretar as pinturas “marotas”.

 

Partilhar

Alexandra Costa

Jornalista desde 1996 sou portuguesa de nacionalidade, alfacinha de nascimento, alentejana de coração e uma viajante do mundo. Adoro viajar, conhecer novas culturas, experimentar gastronomias. Sou viciada em livros e nunca digo que não a uma boa conversa. Basicamente sou apreciadora dos prazeres da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.