Missão Impossível: em busca de um biquíni

Este fim-de-semana decidi desafiar-me a mim mesma e ir às compras. Objectivo: encontrar um biquíni. Sabendo da dificuldade saí cedo de casa e dirigi-me a um grande centro comercial (já sabia que teria de ir a N lojas).

Enquanto dirigia só me lembrava de um vídeo da Bumba na Fofinha que vi no ano passado onde ela falava das suas aventuras precisamente à procura de um biquíni. E se quem tem pouco peito (ou o considerado tamanho normal) pode achar que tem dificuldades em encontrar o que procura quando se trata de uma mulher com curvas a tarefa fica quase impossível. É o meu caso. É por isso que há já alguns anos que sigo uma estratégia: comprar partes independentes.

O certo é que num centro comercial como o Colombo, o Fórum Sintra e comparáveis há apenas algumas lojas com biquínis (partes de cima) com tamanhos acima da copa C (inclusive). E, quando há, das duas uma. Ou são feios como tudo (não sei porquê, mas parece que as mulheres com curvas não têm direito a roupa bonita) ou custam rios de dinheiro. Lamento. Gosto de ir à praia, mas recuso-me a ir à falência para comprar um biquíni.

Normalmente o que acontece é comprar um tamanho gigante e ter de fazer umas operações de estética (diga-se de costura) em casa.

E vocês? Também costumam ter problemas em comprar biquínis?

Partilhar

Alexandra Costa

Jornalista desde 1996 sou portuguesa de nacionalidade, alfacinha de nascimento, alentejana de coração e uma viajante do mundo. Adoro viajar, conhecer novas culturas, experimentar gastronomias. Sou viciada em livros e nunca digo que não a uma boa conversa. Basicamente sou apreciadora dos prazeres da vida.

Alexandra Costa has 126 posts and counting. See all posts by Alexandra Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.