Projecto Baga Bairrada com cinco novos vinhos

O projecto categoria Baga Bairrada nasceu em 2015 pelas mãos Comissão Vitivinícola da Bairrada (CVB) e está a ter em 2017 o ano da consagração. São cinco os novos espumantes, três brancos e dois rosados, elevando para 15 o portefólio. As novidades dão por nome de ‘Íssimo Baga Bairrada Blanc de Noirs Bruto 2013’, ‘Ribeiro de Almeida Baga Bairrada 2015’, ‘Prior Lucas Baga Bairrada Blanc de Noirs Bruto 2015’, nos brancos; ‘Prior Lucas Baga Bairrada Bruto 2015’ e ‘São Domingos Baga Bairrada 2015’, nos rosés. Em comum têm a presença a 100% da casta rainha da Bairrada, a Baga, e o chamado ‘método clássico’ de espumantização.

Este projecto tem uma missão: a Bairrada continua a crescer e a demonstrar uma vez mais o seu potencial para criar projectos e momentos únicos para a região. E o Baga Bairrada quer mostrar isso mesmo. O cluster Baga Bairrada pretende colocar os espumantes num patamar de elevada qualidade, valorizando a região. Um projecto que ano após ano tem vindo a crescer com a entrada de novas referências que prezam a identidade da sua casta rainha, a Baga.

O projecto Baga Bairrada nasceu com o propósito de estabelecer um standard colectivo para “um” espumante feito a partir da casta bandeira da região, a tinta Baga. Uma nova categoria, para um produto distinto e com regras de produção e identidade gráfica próprias, criada para melhor promover e vender a região – e seus vinhos – em Portugal e no Mundo.

A CVB está empenhada neste projecto, apoiando, através de diversas iniciativas, os produtores da região a desenvolver novas ideias e novos produtos.

 

Partilhar

Raquel Carvalho

Lutadora e apaixonada pela vida. É assim que me caracterizo. Para mim a família é o meu pilar e ser mãe foi um sonho tornado realidade. Os meus dois príncipes são a minha razão de viver e o meu orgulho. Adoro a minha profissão, pois escrever e fazer perguntas sempre esteve no meu ADN. Escolhi ser jornalista com seis anos de idade e consegui.

Raquel Carvalho has 169 posts and counting. See all posts by Raquel Carvalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.